sexta-feira, 15 de julho de 2011

Episódio 4# - Parte 1

 Dakota sentou-se numa poltrona que havia no quarto, encostou a cabeça numa almofada, ficou ali recostada vendo a filha debilitada. Barbara do nada começou novamente a chamar por Edward, ela dizia e repetia exatamente "Edward, Edward não me deixa, Edward eu amo você, Edward, Edward meu amor, Edward..." e parava como se acabasse suas forças. Robert tinha contado para ela quem era Edward, nesse momento ela percebeu que era ele quem Barbara amava, saiu do quarto e chamou Karlio.
 Sem ir para sala de visitas, próximo a porta do quarto pediu para Karlio que mandasse Edward vir visitar Barbara, porque talvez essa fosse a única cura de Barbara. Karlio explicou para ela que Barbara estava dopada e que não corria mais risco de vida (oudemorteseilá!), ela mesmo assim insistiu na ideia e só sossegou quando Karlio finalmente falou que iria chamar Edward.
 Karlio ligou para Edward e contou a situação, mas pediu que ele entrasse escondido de Robert pois seria desagradável que ele o visse ali. Quando Edward chegou se apresentou a Dakota, conversaram um pouco e ele finalmente entrou no quarto. Ele ficou olhando ela de longe, pensando que a culpa era toda dele, se ele tivesse conversado com Robert e não tivesse brigado com Barbara, talvez tudo fosse diferente, chegou mais perto passou a mão em seus cabelos (étictodomundofaz!), ficou olhando beijou sua testa e saiu do quarto, não falou com ninguém apenas foi embora.

Postar um comentário