sábado, 23 de abril de 2011

Episódio 1# - Parte 8

Eu chega me assustei de como ela ficou mansinha tão rápido. Ela largou a Isabella chegou perto de mim e disse:
- Me desculpa, não faz o B.O. não é que achei que a Isabella estava namorando escondido, aliás, me dá um autógrafo, sou sua fã.
- Podia ter sentado e conversado com ela e, não.. não te dou o autografo. - disse olhando fixamente nos olhos dela, pois já tinha perdido o medo mesmo sabendo que ela podia se enfurecer novamente, mas eu confio no meu segurança (risos).
 Dei um beijo no rosto da Isabella disse e tchau e entrei no carro. Como a viagem é longa e não temos nada a fazer, vou contar um pouco do meu passado.
______________________

 Eu nasci em Paris, França a 14 anos atrás. Sou filha biológica de John Piere e Betina Sustelli, somos os 3 polacos sem influência de nenhuma outra raça. Nasci de 6 meses meus pais eram jovens tinham acabado de se casar, mas minha mãe soube me educar muito bem.
 Entretanto, quando eu tinha 3 anos de idade uma tragédia veio a acontecer eu fiquei orfã. Fiquei internada 90 dias porque tentei cortar os pulsos e depois fui para um orfanato, perdi minha melhor amiga em um incêndio misturado a um tiroteio, quase perdi a vida também.
 Fiquei 40 dias no orfanato depois do tiroteio e um casal (Robert e Dakota) me adotaram, eles tinham um filha já ela se chama Letícia. Eles são brasileiros estavam querendo morar na França e queria uma filha para fazer companhia para a Letícia, quando viemos para o Brasil para eles apresentarem a familia deles para mim e eu a familia deles eu tinha 5 anos, nessa primeira viagem no segundo dia o cachorro de estimação da minha avó materna, mordeu a minha mão a ponto de eu quase perde-la fiquei traumatizada, então voltamos para a França.
Na França depois de retirar a faixa do braço eu fui pintar um tela com o rosto da minha mãe, pois é eu era demais e ainda sou, sabia falar francês, inglês, alemão, japonês e francês original, tinha habilidades anormais para uma jovem de 5 anos, entretanto, sem querer fico um risco preto errado na tela, e queimei meus olhos azuis safiras com removedor de tintas. Fiquei cega por 3 meses até meu médico descobrir a cura e fazer o cirurgia....
Postar um comentário