sábado, 23 de abril de 2011

Episódio 1# - Parte 7

paramos no grito ...

"De repente a mãe da Isabella saiu azul na porta com uma cara furiosa. Estava com um pano na mão de quem estava limpando a casa, a roupa também não era lá aquelas coisas. Ela respirava desajeitadamente, eu estava dentro do carro o carro com os vidros fechados a Isabella já tinha saído, e eu estava olhando ela, mas ela não podia me ver, estava começando a achar que ela iria dilacerar o pâncreas da pobre Isabella, mas ela gritou antes:
- Isabella com quem você estava? - gritou ela descendo o degrau da casa e pegando na orelha da Isabella que estava com tanto medo quanto eu, não deixei o motorista sair lógico - Porque chegou mais cedo? Está escondendo alguma coisa de mim garota? - me ensurdecia com sua voz.
- Mãe para, eu estava na escola, uma amiga veio me trazer em casa eu não estou escondendo nada de você. Nem tenho porque esconder. - soluçava minha amiga, quase chorando, mas ela sabia que se chorasse apanharia.
Eu tinha que defender ela, foi quando sai do carro mesmo tremendo e suando frio. Não sabia nem o que dizer e nem era tão amiga assim dela, mas sabia que um dia seria e começaria por aquele momento. Foi quando disse baixo e sem escolher as palavras.
- Pare com isso, ela dizendo a verdade. - terminei a frase e a mãe de Isabella olhou furiosamente para mim, como se 'não se mete garota' . Travei na hora, mas não podia deixá-la.
- Quem é você? E o que faz aqui? - gritou a mãe de Isabella.
- Eu sou Barbara Piere e posso abrir fazer um B.O. por maltratar a sua filha - respondi e não sei de onde, mas essa mulher ficou tão... tão... tão... pacata!!!
Postar um comentário