segunda-feira, 27 de junho de 2011

Episódio 3# - Parte 8

 Assim que o pai de Barbara foi avisado logo ele apareceu no local junto com Pudigurski, Barbara já havia sido tirada do entulho de carros, estava toda ferida e ensaguentada, pobre Robert ficou inconsolável ao ver a filha naquele estado. O motorista já havia sido levado pela ambulância, Barbara estava esperando Karlio chegar.
 Já havia uma multidão envolta, a imprensa já estava ali, muitas pessoas tirando foto, Robert não sabia se contava para a esposa se espera ter mais notícias se Barbara estava bem ou não.
______________________________________________________

 Já no hospital HSC (Hôpital Saint Claire), Karlio diz para Robert que Barbara está respirando que infelizmente ela quebrou o braço esquerdo e fraturou duas costelas, já foi medicada e estava em um coma profundo com previsão para que amanhã ela acordasse.

 Pudigurski levou Robert para casa dele (Pudi), chegando lá tentou acalmá-lo dizendo que tudo ficaria bem, trouxe-lhe água com açucar. Enquanto isso Victor ficou no HSC para receber qualquer notícia que houvesse sobre o estado de Barbara.
 Victor pediu para Karlio deixar ele entrar no quarto onde Barbara estava, Karlio pestanejou um pouco mas no fim deixou. No quarto onde Barbara estava tinha uma luz baixa, uma janela fechada com a cortina entre aberta deixando um fiapo de luz, que era o que iluminava o cômodo.
 Barbara está deitada, e com um tubo no nariz, para poder respirar, seu braço esquerdo está engessado e está por cima do lençol, faz muito frio como ela não pode vestir muitas roupas por causa dos inúmeros ferimentos no quarto tem um aquecedor que fez Victor tirar o casaco e colocá-lo no sofá que tinha ali. Victor ficou ali parado próximo a porta ouvindo o motor do oxigênio e do aquecedor, ficou fitando a respiração lenta de Barbara e as gotas de soro caindo uma a uma.
 Chegou mais perto e passou a mão nos cabelos macios dela, depois sentou ficou sentado olhando uma menina que ontem estava super feliz e agora a beira da morte. Ficou tanto tempo ali no silêncio que o fiapo de luz fora trocado por outro, mas da luz do luar, Victor só percebeu que adormecera quando Karlio entrou na sala para verificar se Barbara estava bem. Victor ficou deitado todo desajeitado ali no sofá, fazendo sua blusa de travesseiro. Karlio só olhou mexeu nos aparelhos e saiu.
Postar um comentário