sábado, 14 de maio de 2011

Episódio 2# - Parte 12

 Bom as aulas que eu tinha agora a tarde terminaram e meu motorista veio me trazer em casa, estou aqui assistindo televisão esperando meu pai chegar, pensando se devo ou não contar, tentando imaginar o que ele vai dizer, acredito que ele vai reagir bem, afinal, filho do Dr. Karlio.
 Algum tempo depois...
 Papai chegou em casa, ele está na porta vou correndo ao encontro dele, ele parece feliz com isso, abraço ele e digo:
 - Papai, estou namorando o filho do Dr. Karlio. - o seu sorriso sumira.
 - Como é? - respondeu ele indignado, ain que dor no coração.
 - Estou namorando o Edward, filho do Dr. Karlio. - expliquei um pouco menos entusiasmada.
 - Como assim? Você só está aqui a 3 dias e já está namorando? Você vai para a França amanhã pela manhã, já vi que aqui não é o seu lugar.
 - O que? - eu estou abismada, ele implorou para mim vir para cá.
 - Você vai para a França amanhã, não pediu tanto para mim deixar você ir? Pronto, concedido, agora você vai.
 - Mas pai e o Edward?
 - Ah! Ele nem vai se importar, você estará realizando seu sonho, você estará feliz, ele só quer ver você feliz não é?
 - É, mas se eu for para a França ele nem vai me ver, triste ou feliz.
 - Mas você vai, pode ir arrumar suas coisas mocinha.
 - Tá! - respondi muito triste, muito mesmo.
 Eu vim aqui para o meu quarto, eu não entendi porque meu pai não aceitou o meu namoro, ele sempre me apoiou, tudo bem, ele sempre foi muito ciumento também, mas eu não ia esquecer ele em hipótese nenhuma. O que me resta agora é fazer o que ele falou, arrumar as malas para viajar amanhã. Amanhã ainda tem aula, como vou falar isso para o Edward e não é coisa que se fale por celular.
 Ai eu vou colocar qualquer roupa aqui na mala, depois eu arrumo direito. Quero me deitar, chorar e não pensar mais nisso. É cedo ainda, são 17h da tarde, mas eu vou deitar, se minha mãe chamar me finjo de surda. 
Postar um comentário