domingo, 27 de março de 2011

Vida

Minha vida chegou ao fim, não consigo mais viver.
Esses cadáveres que me rodeiam, imundos e fedorentos.
Minha mente pede para mim morrer, mas como quando já se está no inferno não se pode mais morrer ficarei aqui, até meu corpo se tornar um cadáver fedido e imundo...
Postar um comentário